Ai chega de arbitragens destas? Que engraçado

Há dois assuntos que me deixam altamente indignado e, curiosamente, mete o nosso vizinho ao barulho.

  1. Na última jornada de hóquei, na Luz, aconteceu o tal incidente em que João Pinto entra depois do powerplay a mando da árbitra auxiliar. Foi desde logo contestada pelos responsáveis do benfica, e depois contestado pelos árbitros de campo e gerou-se uma confusão enorme. Resultado? Acabámos o jogo com 2 jogadores e vergados por uma derrota natural, dadas as circunstâncias.
  2. Viram a falta de Girão a Nicolia? Aquela violência toda do nosso jogador sobre o deles? Pois, eu também não. Mas estava escrito que tinha de acontecer…cartão azul para o Girão! Uma vergonha estas arbitragens no hóquei;
  3. Quando vejo um clube a queixar-se de arbitragens tendo gozado anos de barriga cheia, apetece-me cortar os pulsos. Realmente percebe-se a dor que é viver neste campeonato, e isto numa segunda derrota consecutiva para o clube. Afinal existem mais chorões, o “joguem mais à bola” ou o “já chega destas arbitragens” por aí e não sabíamos. Pena é que seja preciso uma pessoa andar de cú apertado para achar que lhes devem respeito ou coisa que os valha.

Olhem como está a ficar a nossa casa. Cada vez mais perto!

pavilhãorelva.png

Tirado da Tasca do Cherba

Não podem apoiar sem petardos? 

Há pouco aconteceu algo que teima em não acabar no desporto. Na zona onde estão os adeptos do Braga foram arremessados petardos para os jogadores do Moreirense aquando dos festejos do golo, fazendo com que dois jogadores tivessem de ser assistidos. Felizmente não aconteceu nada de grave mas podia acontecer, o que não era inédito em outros tantos momentos por esses estádios em Portugal. 

Não vejo estádios interditos, não vejo uma acção judicial clara sobre os adeptos que fazem este tipo de coisas, dando a hipótese de regressarem e continuarem a assassinar aquilo que devia uma festa. 

Pergunto: não podem apoiar sem petardos? 

Que orgulho! 

Ficaram em segundo lugar na Hallen Cup na Alemanha. Cada vez nos orgulham mais! Parabéns ao futebol feminino! 

Aquele rascunho sobre o jogo de hoje 

Pontos de hoje:

  1. Gelson. Que maquinão! Aquele terceiro golo foi o coroar de um talento soberbo;
  2. Bas Dost. Sempre a facturar com a cabeça ou com o pé mas fica sempre a ideia de que podia marcar mais 1 ou 2 facilmente;
  3. Alan Ruiz, um claro Sim neste momento. Brian não mesmo;
  4. O lado direito continua complicado de encaixar. Schelloto parece pouco, ainda assim, apesar de ter uma raça tremenda;
  5. Dualidade de critérios gigante. Amarelos a mais para o Sporting e a menos para o Paços. Deixa William de fora no Dragão para a semana, o que para o árbitro é missão cumprida;
  6. Mais de 40 mil em Alvalade. Prova atrás de prova de que não desistimos do leão;
  7. Acredito que estamos num ponto de viragem… 

Venha de lá o FCP.

Pedro Madeira Rodrigues e Rui Vitória

hypocrisy

Pedro Madeira Rodrigues

Tive oportunidade de ouvir em directo a entrevista de PMR ao Sporting160 e pude, uma  vez mais, confirmar que ele percebe ZERO do Sporting. Nunca vi ninguém, seja simplesmente um adepto ou candidato ou membro da direcção, a criticar tanto o clube. Todos tiveram a sua palavra, criticaram aqui e ali, mas isto ultrapassou todas as probabilidades:

  1. 90% do seu discurso centra-se em BdC e JJ;
  2. Diz que a formação está uma treta, que as dos rivais é melhor;
  3. Diz que as modalidades não dão lucro. Dão, mas o lucro que dá não lhe chega;
  4. Quer negociar o velódromo com a CML e fazer algo parecido com que o FCP fez em Gaia com o centro de estágio;
  5. Quer falar com o Jorge Mendes e fazer-se amigo dele porque “é dos melhores empresários do futebol e nós queremos os melhores connosco”;
  6. Quer convidar Godinho Lopes para a inauguração do pavilhão;
  7. Não sabe os ganhos de bilheteira do futebol, os custos do Jornal do Sporting, transferências, nada. E ainda diz que lhe contaram como foram feitas algumas transferências, por isso o que vai sabendo é através de outros;
  8. Desconhece que o valor das quotas dos sócios reverte 100% para as modalidades;

E muito mais….

Foram quase duas horas a confirmar aquilo que sabemos. É um não-candidato que, com o discurso anti-BdC e anti-JJ, saberá captar votos junto dos adeptos que são anti-BdC e anti-JJ. E isso assusta-me, porque qualquer pessoa minimamente informada, percebe que o que ele diz é zero e em nada ajudará a fortalecer o Sporting Clube de Portugal.

Rui Vitória

 O benfica perdeu…acontece. Mas não percebo a atitude deste senhor. Aliás, percebo, mas aquilo não abona a favor dele. É que quando não ganha vai falar aos árbitros, criticando-os furiosamente, mas quando ganha…tudo normal, siga para bingo! É que o treinador lá de cima faz desenhos e é uma espécie de Gustavo Santos do futebol, Jorge Jesus não engana ninguém com o seu discurso e RV é simplesmente sonso. A sonsice é o que faz com que isto não avance, porque se não se mexer na merda, ela nunca há-de cheirar mal. Mas se alguém mexer…

Bom fim-de-semana.

imagem

Sporting160, conhecem?

Tomei a liberdade de partilhar um projecto (último episódio do lado direito) que começa a ser bastante notado e que acho importante no mundo sportinguista. É o Sporting160 (links em baixo), conhecem? É um programa amador de rádio em que o moderador, João Castro e os comentadores residentes, José Duarte e o Pedro, fazem a análise semanal (bastante detalhada até, e até com alguns convidados da nossa praça) da realidade leonina em diversas áreas. Para mim, sinceramente, é uma lufada de ar fresco porque farto de programas de circo desportivo estou eu – não devo ser o único. A sério, aproveitem, desfrutem tanto quanto eu porque ganhamos todos.

Relativamente ao que tenho ouvido do Pedro Madeira Rodrigues, tenho a tecer umas notas:

  1. A necessidade de falar é tanta, só porque o momento está tão mau e alguns sportinguistas vulneráveis;
  2. Desmente facilmente as coisas que diz, não é de bom tom;
  3. A clara falta de conhecimento quando fala sobre o que tem sido o passado do Sporting e sobretudo o passado recente do clube;
  4. Algumas das suas ideias, sem ironias, são óptimas mas se tiver à disposição o Banco de Portugal;
  5. Tem ideias que já estão a ser implementadas, logo…coiso;
  6. “Vou convidar Godinho Lopes para a inauguração do Pavilhão” – o que é isto? Enfim.

Nem vou falar dos vários comentários infelizes que teve. Acho bem que haja candidatos, alternativas, mas que tragam ideias sólidas, realistas e que não sejam simplesmente oportunistas.

Links:

Twitter Sporting160

Mixlr Sporting160

MixCloud Sporting160

Carta aberta aos Sportinguistas

fora-de-jogo-alan-ruiz

O futebol não quer Bruno de Carvalho, ou acham que o que anda a acontecer ao Sporting, de diversas formas, não é por causa das eleições em Março? Qual é o ladrão que quer ver polícia por perto? Nem o ladrão nem quem beneficia com ele, porque esta fome de vencer, seja de que maneira for, vai perdurar como já perdura há décadas.

A crise acentua-se e os adeptos passam-se da cabeça. Tudo normal – uns chamam-lhe cultura de exigência, outros um despertar duro da realidade. Mas o que não entendo é: querem quem para sair do Sporting? Jesus? BdC? Jogadores? Quem, afinal? É que nem há um ano vivíamos em estado de graça com 90% destas pessoas.

Bipolaridade. Não me façam uma coisa dessas. Então vamos viver de acordo com os resultados? Acreditem que já existe muita gente que vive assim, não precisamos de mais. É que no meu caso, se não tenho a capacidade de mudar…calo-me.

A cabeça dos jogadores está uma merda, ponto. Vivem com o terror (palavra mais que acertada) de não obterem resultados, e isso reflecte-se no próprio jogo, na confiança com que fazem as coisas e NÃO, o dinheiro não compra a confiança de ninguém. Além disso, são ROUBADOS em campo de uma forma escandalosa semana após semana, e depois os próprios adeptos que vêem tirar o resto da dignidade da equipa com esperas sucessivas à porta dos estádios e aeroportos.

É preciso sairmos todos, por uns tempos, desta ânsia no futebol. Andamos demasiado nervosos, desde os adeptos aos jogadores, e a viver sucessivas reformas antecipadas que nada trazem de bom à moral de qualquer equipa. Eu voltarei a Alvalade porque amo o Sporting. Venham comigo com o mesmo propósito, porque eles precisam de nós.

Precisam mesmo.

Leiam o artigo de onde tirei a imagem